CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mídia

TJ-SP condena Rafinha por piada sobre Wanessa

Humorista foi condenado a pagar um valor simbólico de R$ 50 mil em indenização à cantora por danos morais; Rafinha Bastos recorreu; em 2011, quando Wanessa Camargo estava grávida de cinco meses, o então apresentador do programa CQC disse que "comeria ela e o bebê"

Imagem Thumbnail
Humorista foi condenado a pagar um valor simbólico de R$ 50 mil em indenização à cantora por danos morais; Rafinha Bastos recorreu; em 2011, quando Wanessa Camargo estava grávida de cinco meses, o então apresentador do programa CQC disse que "comeria ela e o bebê" (Foto: Gisele Federicce)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – Uma piada sem graça custou ao apresentador Rafinha Bastos uma condenação pelo Tribunal de Justiça de São Paulo por danos morais. O humorista terá de pagar um valor simbólico de R$ 50 mil a Wanessa Camargo.

Rafinha recorreu da decisão. A informação foi divulgada pelo advogado da cantora, Manuel Alceu Affonso Ferreira, e publicada na coluna da jornalista Sonia Racy, do jornal O Estado de S. Paulo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A declaração polêmica de Rafinha Bastos foi feita em setembro de 2011, quando ele apresentava o programa CQC, na TV Bandeirantes. "Que bonitinha que está a Wanessa Camargo grávida", disse Marcelo Tas. "Eu comeria ela e o bebê", disparou Rafinha.

O humorista foi afastado temporariamente do programa por conta da "piada", e depois pediu demissão da Band.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO