"Todos querem Lula", afirma colunista e ex-diretor do Globo

Ascânio Seleme afirma que as principais forças políticas do Brasil atuam pela volta do ex-presidente

www.brasil247.com - Lula e Ascânio Seleme
Lula e Ascânio Seleme (Foto: Stuckert | Reprodução)


247 - Colunista do O Globo e ex-diretor do veículo, Ascânio Seleme publicou artigo neste sábado (5) reconhecendo que as principais forças políticas do Brasil, chamadas por ele de "grandes e distintos contingentes da sociedade brasileira", querem a volta do ex-presidente Lula (PT).

"Até dois meses atrás, ainda se ouvia aplausos a Bolsonaro em escritórios e auditórios da Faria Lima, em São Paulo. Antes do ano passado terminar, era possível identificar apoios sinceros ao presidente em alguns nichos do agronegócio mais moderno. No Congresso, os suportes ideológicos que obteve foram estridentes até o sete de setembro. Mesmo no Judiciário, Bolsonaro contou com alguns simpatizantes declarados. Hoje, iniciado o ano eleitoral, o silêncio é dominante. Mais do que isto, há claros indícios de que a opção é manter Bolsonaro no páreo para que a vitória seja de Lula", declara Seleme.

"Para o Congresso, Ciro mete medo, Moro é uma incógnita e a terceira via não existe. Por isso, o melhor mesmo e o viável é Lula", afirma.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com o colunista, ministros do STF - sem contar Luiz Fux, Rosa Weber, Alexandre de Moraes e Cármen Lúcia - "estão convencidos de que Lula vence a eleição talvez ainda no primeiro turno". 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email