TV 247 lança documentário 580 dias, sobre a prisão e a volta triunfal de Lula

Estreia do filme, realizado e dirigido pelo jornalista Joaquim de Carvalho, será neste sábado (3) às 21h, no Youtube

www.brasil247.com - Joaquim de Carvalho | Lula com o povo, antes de sua entrega à PF
Joaquim de Carvalho | Lula com o povo, antes de sua entrega à PF (Foto: Divulgação | REUTERS/FRANCISCO PRONER)


247 - O repórter Joaquim de Carvalho foi a campo para reconstituir os 580 dias da prisão de Lula - ocorrida entre 7 de abril de 2018 e 8 de novembro de 2019. O resultado é o documentário “580 dias - A prisão e a volta triunfal de Lula”, que será lançado neste sábado (3) às 21h no canal da TV 247 no Youtube.

O filme traz depoimentos exclusivos de quem acompanhou de perto o dia a dia do ex-presidente desde a concentração no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, passando pela apresentação à Polícia Federal, o voo a Curitiba, o cárcere até a libertação. 

O documentário mostra bastidores e histórias inéditas e tem um enfoque especial à Vigília Lula Livre, localizada durante todo o tempo da prisão ao lado do prédio da Polícia Federal na capital do Paraná, e alguns de seus personagens - lideranças a sindicatos, MST e outros movimentos sociais.

Em entrevista exclusiva, o advogado Cristiano Zanin conta que um policial federal tentou algemar o ex-presidente Lula durante o voo de São Paulo para Curitiba e outro fez o voo de pé, com metralhadora em posição ostensiva.

Marco Aurélio Carvalho, também advogado, fundador do grupo Prerrogativas e amigo de Lula, assegura que a violência cometida pela Lava Jato, e o juiz Sérgio Moro em particular, contribuiu para agravar o estado de saúde de um dos melhores amigos de Lula, Sigmaringa Seixas, que faleceu em 25 de dezembro de 2018.

Dois advogados que visitavam Lula de segunda a sexta-feira e se tornaram grandes amigos do ex-presidente reconstituem conversas marcantes, de caráter histórico, como a que Lula teve com o ex-ministro da Economia da Itália Roberto Gualtieri. 

Atual prefeito de Roma, Gualtieri ouvia Lula falar sobre a situação da Europa e traçar perspectivas quando pediu papel e caneta. “Preciso escrever. Poucas pessoas no mundo são capazes de fazer uma análise como esta sobre a Europa”, disse.

Ao final, abraçou Lula, chorou e disse não entender como o Brasil permitiu o encarceramento de um político da estatura do ex-presidente, sem prova de crime algum.

Outras conversas de lideranças estrangeiras que iam a Curitiba durante o período de prisão de Lula, sem passar por Brasília, também são reconstituídas no documentário.

Há revelações de momentos que não eram políticos, como o dia em que Lula fez um autorretrato, atendendo ao pedido de uma criança que lhe havia enviado uma carta.

“580 dias”, um documento para a história, tem a direção de Joaquim de Carvalho e Patri Salgado, com imagens de Eric Monteiro e fotografia de Ricardo Stuckert e da Vigília Lula Livre. O filme foi produzido com recursos da Comunidade 247 - e exibe os nomes de todos os apoiadores nos créditos.

Assista ao documentário pelo link abaixo, por onde é possível também acionar um lembrete:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247