Universal explica fala 'bata a mão no bolso' de bispo Macedo: 'o dízimo é um ensinamento bíblico'

A Igreja Universal do Reino de Deus emitiu uma nota para explicar a fala de do bispo Edir Macedo que causou alvoroço nas redes sociais. Macedo diz no vídeo: "eu não creio que o Espírito Santo queira palmas (...) Ele quer que você bata a mão no bolso". Segundo a Igreja, o dízimo é um ensinamento bíblico"

Jornalistas Livres: o apoio imoral do Bispo Edir Macedo a Bolsonaro
Jornalistas Livres: o apoio imoral do Bispo Edir Macedo a Bolsonaro
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Igreja Universal do Reino de Deus emitiu uma nota para explicar a fala de do bispo Edir Macedo que causou alvoroço nas redes sociais. Macedo diz no vídeo:  "eu não creio que o Espírito Santo queira palmas (...) Ele quer que você bata a mão no bolso". Segundo a Igreja, o dízimo é um ensinamento bíblico. 

A íntegra da nota é a seguinte: 

"Trata-se de um vídeo antigo, de 2018. A fala, retirada de seu contexto, serve apenas ao preconceito religioso contra a Igreja Universal do Reino de Deus e seus 7 milhões de fiéis e simpatizantes no Brasil. O dízimo não é uma doutrina da Universal, mas um ensinamento bíblico. Quem devolve o dízimo, o faz por obediência à palavra de Deus. Nem aqueles que têm ódio da Universal e dos demais cristãos, nem o jornal 'Folha de S. Paulo' precisam se sentir obrigados a praticar a fé cristã, mas não têm o direito de debochar quem opta por obedecer às sagradas escrituras."

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247