UOL revolta internautas ao publicar manchete que vitimiza assassino de Marcelo Arruda

A matéria do portal disse que o bolsonarista responsável pelo assassinato de um militante do PT levou chutes na cabeça. "Matéria comprada?", escreveu um internauta. Mais reações

www.brasil247.com - Marcelo Arruda (círculo, à esq., em cima), e Jorge Guaranho
Marcelo Arruda (círculo, à esq., em cima), e Jorge Guaranho (Foto: Reprodução)


247 - Internautas criticaram, nesta quinta-feira (4), no Twitter, a matéria do portal Uol intitulada "Bolsonarista que matou petista levou mais de 20 chutes na cabeça; assista", e acusaram o site de vitimizar o bolsonarista Jorge Guaranho, que assassinou o militante do PT Marcelo Arruda, no dia 11 de julho, em Foz do Iguaçu (PR). 

"A manchete do Uol neste momento é a tentativa de legitimar o terrorismo político por legítima defesa ou é impressão minha?", escreveu o jornalista Leonardo Attuch, diretor-presidente do 247.

"Quem tá morto?!", postou uma internauta. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Matéria comprada?", questionou outra pessoa. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Um usuário postou: "o objetivo de vocês é causar desinformação e ódio né? Estão querendo relativizar o acontecido e polarizar ainda mais o país".

Outra pessoa escreveu: "queriam que os amigos do Marcelo fizessem carinho, cafuné no assassino??".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

 

 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email