Vale-tudo: Lava Jato vaza delação contra Toffoli como represália pela ‘quebra de sigilo’ da operação

Após a decisão do presidente do STF, Antonio Dias Toffoli, que determinou a Lava Jato a compartilhar dados com a PGR, o site Vortex, que opera como ‘assessoria de imprensa’ da Lava Jato, publicou um suposto vazamento de uma delação contra o presidente do STF

FBI e Deltan Dallagnol
FBI e Deltan Dallagnol (Foto: Reuters | Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Deltan Dallagnol e a Lava Jato demonstraram contrariedade com a decisão do STF em determinar o compartilhamento de informações da operação com a PGR e partiram para um vale-tudo digno de filmes de máfia: vazaram uma suposta delação contra o presidente da mais alta corte brasileira.

A reportagem do site DCM destaca que “com um incrível timing, o site publicou uma matéria com o título “OAS bancou reforma na casa de Toffoli, registra planilha da empreiteira” e outra, “Odebrecht fez pagamentos a Toffoli quando ele era advogado-Geral da União, disse Marcelo Odebrecht à PGR”.”

A matéria ainda informa que “em outra matéria, o site cita uma suposta “captura política da PGR”. As matérias foram publicadas poucas horas depois do vazamento da abertura de inquérito contra a irmã do presidente do STF. O site é comandado por Diego Escosteguy, lavajatista que antecipou a condução coercitiva de Lula.”

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email