Veja publica imagem falsa sobre futebol com cabeça de preso no Ceará

Revista Veja divulgou na noite dessa terça-feira, 18, em sua página na internet, matéria em que afirma que um grupo de detentos pertencentes ao PCC degolou um preso da facção rival Comando Vermelho e passaram a chutar a cabeça da vítima, como em uma partida de futebol; revista diz que o ato de barbárie ocorreu em um presídio de Fortaleza (CE), informação contestada pelo governo do estado do Ceará; "Nenhuma morte foi registrada no Estado nos últimos dias decorrente de conflito entre internos. Além disso, a arquitetura prisional registrada no vídeo não corresponde ao modelo adotado no Ceará", diz a secretaria de Justiça e Cidadania do Ceará; crime ocorreu na penitenciária Monte Cristo, em Roraima

Revista Veja divulgou na noite dessa terça-feira, 18, em sua página na internet, matéria em que afirma que um grupo de detentos pertencentes ao PCC degolou um preso da facção rival Comando Vermelho e passaram a chutar a cabeça da vítima, como em uma partida de futebol; revista diz que o ato de barbárie ocorreu em um presídio de Fortaleza (CE), informação contestada pelo governo do estado do Ceará; "Nenhuma morte foi registrada no Estado nos últimos dias decorrente de conflito entre internos. Além disso, a arquitetura prisional registrada no vídeo não corresponde ao modelo adotado no Ceará", diz a secretaria de Justiça e Cidadania do Ceará; crime ocorreu na penitenciária Monte Cristo, em Roraima
Revista Veja divulgou na noite dessa terça-feira, 18, em sua página na internet, matéria em que afirma que um grupo de detentos pertencentes ao PCC degolou um preso da facção rival Comando Vermelho e passaram a chutar a cabeça da vítima, como em uma partida de futebol; revista diz que o ato de barbárie ocorreu em um presídio de Fortaleza (CE), informação contestada pelo governo do estado do Ceará; "Nenhuma morte foi registrada no Estado nos últimos dias decorrente de conflito entre internos. Além disso, a arquitetura prisional registrada no vídeo não corresponde ao modelo adotado no Ceará", diz a secretaria de Justiça e Cidadania do Ceará; crime ocorreu na penitenciária Monte Cristo, em Roraima (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A revista Veja divulgou na noite dessa terça-feira, 18, em sua página na internet, matéria em que afirma que um grupo de detentos pertencentes ao PCC degolou um preso da facção rival Comando Vermelho e passaram a chutar a cabeça da vítima, como em uma partida de futebol. A revista diz que o ato de barbárie ocorreu em um presídio de Fortaleza (CE).

A informação incorreta foi contestada pelo governo do estado do Ceará. Em nota, a Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará informou que as imagens divulgadas pelo site da revista Veja, não foram registradas no sistema penitenciário cearense. "Nenhuma morte foi registrada no Estado nos últimos dias decorrente de conflito entre internos. Além disso, a arquitetura prisional registrada no vídeo não corresponde ao modelo adotado no Ceará", diz a secretaria.

Além do erro de informação, a revista Veja não procurou a secretaria para checar a veracidade das informações. "A Sejus ressalta não ter sido procurada em nenhum momento pela revista para checar as informações erroneamente divulgadas", diz o texto. A informação que a Sejus nega que o crime tenha ocorrido no estado foi acrescentada à reportagem cinco horas depois. 

O crime aconteceu em Roraima na penitenciária Monte Cristo, e o vídeo foi divulgado em redes sociais.  

 

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247