Vem Pra Rua enterra Gilmar, a quem exaltou na época do golpe

Movimento que defendeu o impeachment de Dilma Rousseff e chegou a exaltar o ministro do TSE e do STF na época do golpe, agora enterra Gilmar Mendes, cuja decisão nesta sexta-feira 9 decidiu pela absolvição de Michel Temer; em um post no Facebook, o Vem Pra Rua diz que os ministros Gilmar Mendes, Admar Gonzaga, Napoleão Maia e Tarcísio Vieira "decretaram a morte do TSE ao absolverem a chapa Dilma-Temer"

Movimento que defendeu o impeachment de Dilma Rousseff e chegou a exaltar o ministro do TSE e do STF na época do golpe, agora enterra Gilmar Mendes, cuja decisão nesta sexta-feira 9 decidiu pela absolvição de Michel Temer; em um post no Facebook, o Vem Pra Rua diz que os ministros Gilmar Mendes, Admar Gonzaga, Napoleão Maia e Tarcísio Vieira "decretaram a morte do TSE ao absolverem a chapa Dilma-Temer"
Movimento que defendeu o impeachment de Dilma Rousseff e chegou a exaltar o ministro do TSE e do STF na época do golpe, agora enterra Gilmar Mendes, cuja decisão nesta sexta-feira 9 decidiu pela absolvição de Michel Temer; em um post no Facebook, o Vem Pra Rua diz que os ministros Gilmar Mendes, Admar Gonzaga, Napoleão Maia e Tarcísio Vieira "decretaram a morte do TSE ao absolverem a chapa Dilma-Temer" (Foto: Gisele Federicce)

247 - O movimento Vem Pra Rua, que defendeu o impeachment de Dilma Rousseff e chegou a exaltar o ministro do TSE e do STF Gilmar Mendes na época do golpe, agora enterra o magistrado.

O voto de Gilmar foi decisivo no julgamento do Tribunal Superior Eleitoral nesta sexta-feira 9 na absolvição de Michel Temer.

Em um post no Facebook, o Vem Pra Rua diz que os ministros Gilmar Mendes, Admar Gonzaga, Napoleão Maia e Tarcísio Vieira, todos que votaram contra a cassação, "decretaram a morte do TSE ao absolverem a chapa Dilma-Temer".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247