Venda da TV Bahia esbarra em paternidades não reconhecidas por ACM

Empreiteiro Cesar Mata Pires, dono da OAS, quer vender participao na afiliada da Globo, mas compradores temem por aes judiciais de herdeiros do poltico baiano

Venda da TV Bahia esbarra em paternidades não reconhecidas por ACM
Venda da TV Bahia esbarra em paternidades não reconhecidas por ACM (Foto: JOEDSON ALVES/AGÊNCIA ESTADO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Uma nota emblemática publicada na revista Veja desta semana, assinada pelo jornalista Otávio Cabral, levanta o tapete sobre uma disputa que envolve sexo, poder e muito dinheiro.

Na seção Holofote, informa-se que o empreiteiro baiano César Mata Pires, dono da OAS, decidiu vender sua participação na TV Bahia, afiliada da Rede Globo em Salvador. Durante muito tempo, a OAS carregou o apelido de “Obras Arranjadas pelo Sogro”, numa referência ao fato de Mata Pires ter sido casado com uma das filhas de Antônio Carlos Magalhães, vulgo ACM, que mandou e desmandou na política baiana durante décadas.

Hoje, a OAS se vê diante de um problema. A empreiteira compôs com o governo do petista Jacques Wagner e tem grandes obras no Estado, mas a TV Bahia continua nas mãos dos herdeiros de ACM. Resultado: o que antes era um ativo para a empreiteira, tornou-se um passivo.

Filhos não reconhecidos

Mata Pires teria até encontrado um comprador para sua participação na TV Bahia – seria um grupo empresarial de Campinas (SP) – mas a venda esbarra numa disputa legal.

ACM teve filhos fora do casamento – um deles, especula-se, com a embaixatriz Lúcia Flecha de Lima. E isso motivou ações judiciais por reconhecimento de paternidade. Portanto, os compradores da TV Bahia não teriam segurança jurídica para comprar uma participação acionária da OAS, reivindicada por outros potenciais herdeiros de ACM.

Na política, o principal herdeiro de Antônio Carlos Magalhães é o deputado ACM Neto (DEM/BA), que pode ser candidato a prefeito de Salvador em 2012 ou até mesmo a vereador. ACM Neto tem se destacado no Congresso por defender punições a corruptos, mas, evidentemente, ele pouco fala da herança deixada pelo avô.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email