Vídeo íntimo de Natália, do BBB, é vazado e polícia já investiga suspeito

A família da jovem de 22 anos procurou a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, em Belo Horizonte, para registrar um boletim de ocorrência

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


247 - A Polícia Civil de Minas Gerais informou, nesta quarta-feira (19), que requereu à Justiça uma medida protetiva para Natália Deodato, participante do BBB22, que teve um vídeo íntimo vazado nas redes sociais. O suspeito de ter divulgado as imagens é um homem de 39 anos.

A medida protetiva, em casos de crime cibernético, é para que o suspeito retire do ar o conteúdo já vazado e não publique mais o material relacionado à vítima. Ainda conforme a polícia, um procedimento investigatório foi instaurado para apuração dos fatos.

De acordo com o portal G1, Nesta terça-feira (18), a família da jovem de 22 anos, que é modelo e designer de unhas, procurou a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, em Belo Horizonte, para registrar um boletim de ocorrência.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email