Xico Sá ironiza ausência de provas reais contra Lula

"O novo mantra é 'institucionalizaram a corrupção no país'. Que falta faz uma prova contundente, como uma mala de dinheiro, por exemplo", diz o jornalista

"O novo mantra é 'institucionalizaram a corrupção no país'. Que falta faz uma prova contundente, como uma mala de dinheiro, por exemplo", diz o jornalista
"O novo mantra é 'institucionalizaram a corrupção no país'. Que falta faz uma prova contundente, como uma mala de dinheiro, por exemplo", diz o jornalista (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Xico Sá ironizou, pelo Twitter, a falta de provas reais contra o ex-presidente Lula.

"O novo mantra é 'institucionalizaram a corrupção no país'. Que falta faz uma prova contundente, como uma mala de dinheiro, por exemplo", postou.

Lula chegou a ser apontado como o "grande general" da organização criminosa que teria governado o país durante a gestão do PT, segundo o procurador Deltan Dallagnol, da Lava Jato.

Na noite de sexta-feira 16, ele mandou outra ironiza, ao compartilhar a divulgação da capa da revista Época, em que, numa entrevista, o empresário Joesley Batista acusa Michel Temer de ser chefe da "maior e mais perigosa organização criminosa do Brasil". 

"Mas o chefe não era o Lula?", pergunta Xico Sá.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247