CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

A freira que roubava bebês

Maria Gmez Valbuena ( esq.) julgada na Espanha por participar de esquema de roubo de recm-nascidos, que envolvia mdicos e religiosos, para entregar a outras famlias; h 1,5 mil denncias no processo

A freira que roubava bebês (Foto: SUSANA VERA/REUTERS)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – Um tribunal da Espanha deu início esta semana ao julgamento da freira Maria Gómez Valbuena. Ela é acusada de roubar bebês para as entregar a outras famílias, processo no qual há 1,5 mil denúncias. Maria Gómez se recusou a prestar declarações perante o juiz, saindo escoltada do edifício, na última quinta-feira.

Conhecido como o processo das "crianças roubadas", o caso foi denunciado por milhares de mães na Espanha que acusam responsáveis religiosos e médicos de as terem enganado e raptado seus bebês logo após o nascimento.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

De acordo com a denúncias, freiras, padres e médicos simulavam a morte das crianças no parto para entregá-las a outras famílias, muitas vezes em troca de dinheiro.

Maria Gómez Valbuena tem 80 anos e vive num convento das Irmãs da Caridade em Madrid. Ela é a primeira acusada a ser chamada por um juiz depois da denúncia feita por Maria Luisa Torres à procuradoria espanhola.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A mulher acusa a freira do roubo de sua filha, em março de 1982, na clínica madrilena de Santa Cristina, onde a religiosa era então assistente social.

No dia 3 de abril deste ano, Maria Luisa Torres disse ao tribunal que a freira alegou que sua filha Pilar estava morta por a considerar "adúltera", já que o pai da criança não era o seu marido.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Maria Luisa Torres descobriu a farça depois que foi localizada pelos pais adotivos de Pilar. Há mais de dez anos, eles estavam a procura dos pais biológicos a pedido da menina. O caso foi comprovado por um teste de DNA. (Com informações do El País)

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO