"A justiça foi feita", diz Obama sobre morte de bin Laden

"Houve tiroteio", contou o presidente dos EUA; "primeira pista surgiu h algum tempo", completou; ataque aconteceu poucas horas atrs, em Islamabad, no Paquisto. Bin Lades estava em uma manso; cresce a comemorao diante da Casa Branca;

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247_Osama Bin Laden, o terrorista mais procurado do mundo, foi morto em Islamabad, no Paquistão, durante uma ação de ataque corpo a corpo feita por um grupo do exército dos Estados Unidos. “É o maior feito americano na luta contra a Al Qaeda”, disse o presidente Barack Obama em pronunciamento transmitido pela televisão. Ele contou detalhes da ação. “Há algum tempo eu tive a informação de que poderíamos chegar a uma pista sobre Osama”, iniciou Obama, cujo semblante estava visivelmente aliviado. Àquela altura, centenas de pessoas já estavam aglomeradas junto aos portões da Casa Branca em comemoração. “Na semana passada, tivemos a confirmação sobre onde ele estava. Um grupo corajoso de americanos realizou a ação. Houve tiroteio, mas nenhum soldado foi morte”. Obama enviou uma mensagem clara ao mundo árabe: “Nunca estivemos em guerra contra o islã, mas sim contra alguém que é responsável por crimes. O que aconteceu hoje deve ser admirado todas as pessoas que acreditam na paz”.

Procurado desde que foi apontado como mentor e responsável pelos atentados de 11 de setembro de 2011, Osama Bin Laden era o homem mais procurado do mundo. “A justiça foi feita, mas a morte de Obama não encerra a nossa luta contra o terrorismo”, disse Obama.”Esse é o resultado de milhares de americanos ao longo da última década”. Com receio da repercussão da morte de Bin Laden, os Estados Unidos estão mantendo suas bases militares e locais estratégicos em estado de alerta.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email