A morte e a morte de Salvador Allende

Corpo do ex-presidente chileno exumado em Santiago; Justia do pas quer esclarecer se ele foi assassinado ou praticou suicdio

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247, com informações da Agência Brasil – O Chile começa a enfiar o dedo na ferida mais traumática de sua história. Os restos mortais do ex-presidente Salvador Allende, morto no sangrento golpe militar de 1973, foram exumados nesta segunda-feira por uma equipe de peritos do país. A cerimônia de retirada do caixão do ex-mandatário do mausoléu da família, no Cemitério Geral de Santiago, teve início às 7h30 e se estendeu até as 8h40.

O corpo de Allende já fora exumado em 1990, para receber as honras de chefe de Estado. Agora, no entanto, a iniciativa é da Justiça chilena, que abriu um inquérito para investigar as circunstâncias da morte do ex-presidente – último chefe de Estado democraticamente eleito no país antes do golpe militar de 1973. O pedido de abertura de inquérito foi feito por Beatriz Pedrals, da Justiça Fiscal, e as investigações serão comandadas pelo representante do Ministério Público do Chile, ministro Mario Carroza.

Allende morreu em 11 de setembro de 1973 quando as forças do general Augusto Pinochet invadiram a sede do governo, o Palácio de La Moneda, onde estava o então presidente. Durante o golpe militar, a informação divulgada sobre a morte de Allende era que ele se matou com um tiro, mas essa versão até hoje gera controvérsias.

Para a família Allende, o ex-presidente se suicidou. “O presidente Allende decidiu pelo gesto de morrer por uma questão de coerência política”, disse a senadora Isabel Allende, filha do ex-presidente. “[Apoiamos esta exumação] com a esperança de que os resultados [dos exames] acabem com todas as dúvidas.”

Uma das associações que representam as vítimas da ditadura, como a família Allende, solicitou a exumação. O caso do ex-presidente está entre 726 processos envolvendo vítimas de violação de direitos humanos durante a ditadura militar no Chile – de 1973 a 1990. A ditadura do ex-presidente Augusto Pinochet é considerada por historiadores uma das mais violentas da América Latina.

 

Investigações

A primeira etapa do processo de investigação sobre a morte de Salvador Allende vai levar de cinco a seis dias. Só depois dessa fase é que os especialistas definirão a data para a divulgação dos resultados das apurações. Depois da exumação, feita nesta segunda-feira no mausoléu da família no Cemitério Geral de Santiago, serão feitas análises de antropologia e exames de sangue.

A equipe de peritos reúne 11 profissionais de várias áreas, como médicos, antropólogos e biólogos, entre outros, sob o comando do Ministério Público e do Serviço Médico-Legal. A ação será acompanhada pela família Allende.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email