Afirmação de premiê egípcio leva Israel a convocar embaixador

O primeiro-ministrodo egito, Essam Sharaf, disse que o tratado de paz entre os dois pases "no sagrado"

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O Ministério de Relações Exteriores de Israel convocou nesta sexta-feira seu embaixador do Egito. O motivo da convocação foram as declarações do primeiro-ministro egípcio Essam Sharaf, que afirmou que o tratado de paz entre os dois países "não é sagrado", informou o site israelense Ynet.

O diretor-geral do Ministério de Relações Exteriores Rafi Barak convocou o embaixador Yasser Reda para expressar a "irritação israelense sobre as declarações correntes de graduadas autoridades egípcias sobre a necessidade de modificação no tratado de paz", informou o Ynet.

Durante os 30 minutos de reunião na sede do Ministério de Relações Exteriores em Jerusalém, Barak disse a Reda que "da perspectiva de Israel, não há qualquer intenção de reabrir o tratado de paz e esse passo não pode ser tomado unilateralmente".

Na quinta-feira, Sharaf disse em entrevista à televisão turca que o tratado de paz de 1979 com Israel "não é sagrado".

"O tratado de Camp David está sempre aberto a discussões e modificações se isso for benéfico para a região ou para uma paz justa. O tratado de paz não é algo sagrado e pode sofrer modificações", disse Sharaf segundo a agência de notícias oficial Mena.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247