Ameaçado pelos EUA e por vizinhos, Maduro ordena exercícios militares

"Ordenei à Força Armada Nacional Bolivariana [FANB], junto com o nosso povo em união cívica militar, realizar operações de defesa multidimensional integral do território da nossa pátria, as operações e exercícios miliares Independência 2018", declarou Maduro durante a cerimônia de início da expedição do navio Simon Bolívar; país vem sendo ameaçado de golpe militar pelos Estados Unidos e isolado pelos vizinhos

Exercício militar Venezuela
Exercício militar Venezuela (Foto: Leonardo Attuch)

Da Agência Sputinik – O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, declarou que os treinamentos militares Independência 2018 serão realizados em todo o território do país em 24 e 25 de fevereiro.

"Ordenei à Força Armada Nacional Bolivariana [FANB], junto com o nosso povo em união cívica militar, realizar operações de defesa multidimensional integral do território da nossa pátria, as operações e exercícios miliares Independência 2018", declarou Maduro durante a cerimônia de início da expedição do navio Simon Bolívar.

"Vamos aperfeiçoar a pontaria de todos os equipamentos, vamos afinar o movimento de todas as tropas, vamos afinar o movimento de todos os tanques, de todos os mísseis, aviões, helicópteros e acima de tudo vamos afinar a pontaria da alma nacional", acrescentou.

O anúncio foi feito depois da declaração do ministro do Interior venezuelano, Néstor Reverol, que acusou a Colômbia de recrutar efetivos para seu exército no território venezuelano. Ademais, o procurador-geral da Venezuela, Tarek William Saab, afirmou recentemente que há planos na Colômbia de levar a cabo uma "invasão militar", mas não detalhou esta declaração. As autoridades colombianas refutaram a acusação.

Inscreva-se na TV 247 e confira a fala do chanceler Celso Amorim sobre a crise venezuelana:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247