América Latina se aproxima de 2,5 milhões de casos de Covid-19

Os casos de infecção por coronavírus na América Latina aumentaram 1 milhão nos últimos 18 dias, devido ao incremento de casos no Brasil, que concentra mais da metade do número de doentes e mortos pela Covid-19 na América Latina

(Foto: Telesul/Xinhua)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Até o momento, a América Latina registra 2.480.821 infecções e 112.104 mortes desde o início da pandemia.

Os casos na América Latina aumentaram 1 milhão nos últimos 18 dias, devido à disseminação geral de infecções, principalmente no Brasil, que é o país mais atingido com mais da metade das infecções e mortes na América Latina.

O Brasil estabeleceu um recorde de casos nas últimas 24 horas neste domingo, registrando 30.476 novas infecções, que aumentaram para 1.345.254 desde que o vírus chegou ao país.

Quanto ao número de mortos, o Ministério da Saúde registrou 552 novas mortes por coronavírus, elevando o número de mortes registradas no país sul-americano para 57.658.

Apesar dos números alarmantes, vários estados brasileiros iniciaram a reabertura de atividades econômicas, devido à pressão do presidente de extrema direita Jair Bolsonaro.

O Peru é o segundo país da região em número de infecções, com 279.419 casos desde o início da pandemia. 

O Ministério da Saúde (Minsa) indicou que 3.430 novos casos e 182 novos óbitos foram registrados nas últimas 24 horas, aumentando o número de óbitos para 9.419 dois dias após o final da quarentena geral.

Os novos números do coronavírus no Peru coincidiram com o lançamento de uma pesquisa que reflete que 58% dos peruanos acreditam que a quarentena geral deve continuar.

O México é o terceiro país latino-americano mais afetado pela pandemia, registrando 216.852 casos acumulados do novo coronavírus. Até hoje, o país registrou 26.648 mortes de Covid-19, 267 delas registradas no último dia.

As autoridades de saúde também alertam que o número real de pessoas infectadas pode ser consideravelmente maior do que o que eles foram capazes de confirmar através dos testes realizados.

No Chile, o Ministério da Saúde informou neste domingo que 8.935 pessoas morreram por causa da Covid-19 e o número de infecções atingiu 271.982 casos.

O Departamento de Estatística e Informação em Saúde (DEIS) da entidade Saúde especificou que 6.089 pacientes morreram do coronavírus com confirmação laboratorial e 2.846 perderam a vida sem confirmação diagnóstica, ou seja, como suspeito e provável da pandemia.

Após 110 dias de registro dos primeiros casos de Covid-19 na Bolívia, as infecções e mortes estão aumentando, totalizando 31.524 confirmadas e 1.014 mortes, informou o Ministério da Saúde.

Leia a íntegra do boletim da Telesul 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247