Antifascistas abafam manifestação contra Jean Wyllys em Portugal

Um homem ligado ao PNR, partido de extrema-direita português, tentou, sem sucesso, atirar ovos contra Jean Wyllys enquanto o ativista brasileiro palestrava em uma universidade em Coimbra; na parte de fora, mais de 200 manifestantes antifascistas acabaram com o ato dos direitistas e chegaram a atirar purpurina contra o rosto de um dos líderes

Antifascistas abafam manifestação contra Jean Wyllys em Portugal
Antifascistas abafam manifestação contra Jean Wyllys em Portugal (Foto: Reprodução/Facebook)

Revista Fórum - Mais de 200 manifestantes com bandeiras antifascistas abafaram na tarde desta terça-feira (26), em Coimbra (Portugal), um ato da extrema-direita contra o ex-deputado federal brasileiro Jean Wyllys, que ministrou uma palestra sobre discurso de ódio e fake news na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (FEUC).

Enquanto Wyllys palestrava, dois homens ligados ao PNR, partido da extrema-direita portuguesa, que estavam na platéia, tentaram atirar ovos contra o ex-deputado. Seguranças do evento, no entanto, impediram que os ovos atingissem Wyllys e expulsaram os agressores. O brasileiro, por sua vez, ironizou a situação e sugeriu fazer uma omelete com os ovos que foram atirados.

Em meio aos gritos da platéia para que os seguranças expulsassem os direitistas, Wyllys ainda disparou: "Não peçam para tirar. Nunca tive medo dos covardes (...) Qualquer fascista covarde, que se queira manifestar, em vez de atirar ovos ou tiros, por favor, vamos aos argumentos. Levantem-se, manifestem-se, falemos".

Assista a vídeo do Jornalistas Livres sobre o evento:

 

Continue lendo na Fórum

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247