Aos 75 anos, ONU é vítima de campanha de esvaziamento pelo governo Bolsonaro

A ONU completa nesta sexta-feira 75 anos de existência. Foi nesta data, em 1945, que foi assinada a Carta de São Francisco, documento que criou a Organização. Em momento de crise como o que a humanidade está atravessando, cresce o papel da ONU e da cooperação internacional. No entanto as Nações Unidas são alvo de uma campanha de esvaziamento por parte do governo de extrema direita de Jair Bolsonaro

www.brasil247.com -
(Foto: Reuters)


247 - O aniversário da ONU coincide com um dos momentos de maior encruzilhada na história da entidade, na opinião do jornalista Jamil Chade, especializado na cobertura dos temas internacionais junto a organismos da ONU sediados em Genebra. 

Jamil Chade destaca em sua coluna no UOL que para muitos governos, a atual pandemia é um recado claro de que o mundo precisa de uma organização como a ONU para dar uma resposta coordenada à crise.  

"A data ainda ocorre no pior momento da relação entre a ONU e o Brasil, um país que tradicionalmente saiu em defesa do organismo internacional, até mesmo durante a Ditadura Militar (1964-1985)". 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O jornalista aponta que "a ordem [do governo Bolsonaro] é de esvaziar as Nações Unidas de uma eventual influência internacional e limitar a entidade a um simples fórum de debates".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"A postura do governo de Jair Bolsonaro tem sido a de rejeitar qualquer tipo de recomendação internacional sobre os assuntos nacionais, ainda que sejam os próprios tratados assinados pelo Brasil que estipulam a capacidade de órgãos de monitorar as violações de direitos humanos e fazer cobranças sobre a postura do país no que se refere ao direito internacional".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia a íntegra 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email