Após cortes de gás à Polônia e à Bulgária, Áustria decide pagar gás russo em rublos

"Nós aceitamos as condições de pagamento", afirmou o chanceler austríaco Karl Nehammer

www.brasil247.com - Karl Nehammer e OMV
Karl Nehammer e OMV (Foto: Reuters)


RT - A Áustria aceitou o novo mecanismo de pagamento de gás rublo, introduzido pela Rússia no início deste mês, e o cumprirá, anunciou o chanceler Karl Nehammer na quarta-feira.

"Nós, ou seja, [empresa estatal de energia] OMV, aceitamos as condições de pagamento, assim como o governo alemão. Eles [os termos] foram considerados de acordo com os termos das sanções. Para nós, isso foi importante”, disse Nehammer em entrevista coletiva.

Ele acrescentou, no entanto, que a Áustria ainda apoia as sanções anti-Rússia relacionadas à Ucrânia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Antes que as notícias falsas da propaganda russa entrem ”, enfatizou, “ é claro que a OMV continua a pagar o fornecimento de gás da Rússia em euros. A Áustria adere ao ponto de vista e apoia as sanções da UE adotadas em conjunto".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo o responsável, a empresa austríaca de petróleo e gás OMV já abriu uma conta apropriada num banco russo para a transferência de pagamentos. Nehammer observou que durante sua recente viagem a Moscou, o presidente russo, Vladimir Putin, explicou o novo mecanismo de pagamento e garantiu-lhe mais suprimentos de gás na íntegra.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em 31 de março, Putin assinou um decreto que definia um novo procedimento para pagar o fornecimento de gás russo por compradores de países "hostis", que impôs sanções a Moscou em resposta à sua operação militar na Ucrânia.

A notícia intrigou os compradores de gás da Rússia, que temiam que eles pagassem pela commodity em rublos russos. No entanto, de acordo com o documento, os compradores poderão pagar na moeda de sua escolha, mas terão que abrir uma conta em rublos no Gazprombank da Rússia para que os pagamentos possam ser convertidos em rublos e chegar aos fornecedores de gás russos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email