Após o Reino Unido, Itália suspende voos do Brasil diante de variante de Covid-19 achada em Manaus

A decisão foi anunciada neste sábado, 16, pelo ministro da Saúde da Itália, Roberto Speranza, no Facebook

(Foto: REUTERS/Yara Nardi)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após o Reino Unido, a Itália também fechou as fronteiras para viajantes oriundos do Brasil em razão da nova variante de Covid-19 encontrada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em Manaus, capital do Amazonas.

As mutações achadas no vírus, até então inéditas, criaram o que será uma provável nova linhagem brasileira. Duas mutações foram descritas simultaneamente na proteína Spike, que faz a ligação do vírus às células e é relacionada à capacidade de transmissão do coronavírus. Os dados apontaram que a linhagem B.1.1.28, presente em todo o País e a mais frequente no Amazonas, sofreu uma série de mudanças.

A decisão foi anunciada neste sábado, 16, pelo ministro da Saúde da Itália, Roberto Speranza, no Facebook. Além da proibição dos voos, a portaria veda a entrada de quem passou pelo Brasil nos últimos 14 dias.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email