Argentina começará vacinação com a Sputnik V antes do Ano Novo

Neste sábado (26), o presidente argentino Alberto Fernández disse, em nota, que a vacinação contra a covid-19 no país terá início na terça-feira (29) usando as doses recebidas da vacina russa Sputnik V

www.brasil247.com - Presidente argentino Alberto Fernandes e a vacina Sputnik V
Presidente argentino Alberto Fernandes e a vacina Sputnik V (Foto: REUTERS)


Sputnik - A entrega à Argentina das doses da Sputnik V, a vacina russa contra a covid-19, está prevista para ser concluída ainda na segunda-feira (28), permitindo que a vacinação comece na terça.

"O presidente Alberto Fernández se reuniu com os governadores e o chefe do governo da cidade de Buenos Aires [Horacio Rodríguez Larreta] informando que na segunda-feira [28] as doses da vacina Sputnik V chegarão em todas as províncias; depois disso, os participantes concordaram que na manhã da terça-feira [29] o processo de vacinação vai começar em todo o país", diz o comunicado deste sábado (26).

De acordo com o comunicado do governo, os líderes provinciais agradeceram ao presidente da Argentina durante o encontro, realizado via videoconferência, pela gestão bem-sucedida da obtenção da vacina russa. O presidente argentino também foi às redes sociais para falar sobre o assunto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As doses da vacina Sputnik V que chegaram da Rússia estarão disponíveis em cada província na terça-feira (29) e às 09h00 [mesmo horário de Brasília] começará a vacinação simultânea em todo o país. Seguimos trabalhando unidos, porque nossa única preocupação é a saúde dos argentinos e argentinas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Sputnik V foi a primeira vacina contra a covid-19 registrada na Rússia e no mundo. O imunizante tem 92% de eficácia comprovada, com base nos dados dos primeiros 16 mil participantes do ensaio clínico que receberam as duas doses da vacina.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Argentina recebeu o primeiro lote de 300 mil doses da vacina Sputnik V na quinta-feira (24). Mais doses da vacina chegarão às províncias argentinas na segunda-feira (28), em caminhões refrigerados. Nas províncias de Santa Cruz e Tierra del Fuego chegarão de avião, segundo as autoridades locais.

Além da Argentina, outros países latino-americanos já iniciaram ou já têm datas para o início da imunização contra a covid-19. É o caso de México, Chile e Costa Rica. O Brasil, o país mais impactado pela pandemia na região, em números absolutos de casos e mortes, ainda não anunciou o início da vacinação no país.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo os dados da Universidade Johns Hopkins, a Argentina tem hoje 1.578.267 casos de covid-19 e 42.501 mortes causadas pela doença.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email