Argentinos se mobilizam pela liberdade de Lula

Argentinos vão em frente à embaixada do Brasil em Buenos Aires pedir pela liberdade do ex presidente Lula; eles repudiam a perseguição política, judicial e midiática contra o líder brasileiro, “pretendem encarcerar o primeiro presidente trabalhador da América Latina numa atitude de revanchismo”, afirmou o deputado Hugo Yasky

Argentinos vão em frente à embaixada do Brasil em Buenos Aires pedir pela liberdade do ex presidente Lula; eles repudiam a perseguição política, judicial e midiática contra o líder brasileiro, “pretendem encarcerar o primeiro presidente trabalhador da América Latina numa atitude de revanchismo”, afirmou o deputado Hugo Yasky
Argentinos vão em frente à embaixada do Brasil em Buenos Aires pedir pela liberdade do ex presidente Lula; eles repudiam a perseguição política, judicial e midiática contra o líder brasileiro, “pretendem encarcerar o primeiro presidente trabalhador da América Latina numa atitude de revanchismo”, afirmou o deputado Hugo Yasky (Foto: Gustavo Conde)

Do Página 12 - Uma vasta gama de políticos, líderes sindicais e organizações sociais mobilizaram-se ontem à tarde em frente à Embaixada do Brasil em Buenos Aires para repudiar a perseguição política, judicial e midiática contra o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, favorito para as eleições de outubro.

As janelas da embaixada, localizada na esquina da Cerrito e Arroyo vibraram por alguns minutos, quando centenas de jovens entraram cantando que "a história dos gorilas foi concluída," e depois "Atenção, atenção, Lula vai cumprimentar os soldados de Perón" . 

Leia mais aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247