As vítimas de Kadafi

As novas autoridades da Lbia anunciaram a descoberta de uma vala comum com restos mortais de 1.270 vtimas de massacre comandado pelo ditador em 1996

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Autoridades revolucionárias da Líbia disseram ter encontrado uma vala comum com os restos de 1.270 presos mortos pelo regime de Muamar Kadafi em um massacre em 1996. O local fica próximo à prisão de Abu Salim, em Trípoli, onde as vítimas foram mortas em 26 de junho de 1996 depois de protestarem contra as condições no local.

O anúncio foi feito no domingo pelo médico Ibrahim Abu Sahima, do comitê do governo que supervisiona a busca pelas vítimas do antigo regime. Ele explicou que investigadores encontraram a vala há duas semanas, depois de receberem informações de autoridades do regime capturadas e de testemunhas. Autoridades vão pedir ajuda internacional para identificar os restos mortais.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247