Assad condiciona trégua ao "fim do terrorismo"

Governo de Bashar Al-Assad afirma que qualquer esforo de paz s ter xito quando grupos terroristas pararem de causar instabilidade na Sria

Assad condiciona trégua ao "fim do terrorismo"
Assad condiciona trégua ao "fim do terrorismo" (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O presidente da Síria, Bashar Assad, prometeu neste sábado ao emissário internacional de paz Kofi Annan que irá apoiar qualquer iniciativa "honesta" de paz, mas advertiu que o diálogo não irá adiante se os rebeldes continuarem a atacar, informou a mídia estatal síria.

"A Síria está pronta para contribuir para o sucesso de qualquer iniciativa honesta de busca por uma solução" para seu conflito interno, disse Assad a Annan, segundo despacho da agência estatal de notícias Sana.

O líder sírio advertiu, no entanto, que "nenhum diálogo ou processo político poderá ter êxito enquanto houver grupos terroristas atuando para semear o caos e desestabilizar o país com ataques a soldados e civis", prossegue a Sana. As informações são da Dow Jones.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247