CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Ataques aéreos turcos e dos EUA matam 104 membros do EI na Síria

Ataques aéreos turcos e da coalizão liderada pelos EUA resultaram na morte de 104 militantes do Estado Islâmico, em retaliação ao recente ataque a uma província na fronteira turca, informaram neste sábado veículos de imprensa turcos, citando fontes militares; o jornal pró-governo Sabah Daily informou que cinco pessoas ficaram feridas na sexta-feira (27), quando mísseis disparados do território controlado pelo Estado Islâmico no norte da Síria caiu Kilis, uma província na fronteira turca

Imagem Thumbnail
Ataques aéreos turcos e da coalizão liderada pelos EUA resultaram na morte de 104 militantes do Estado Islâmico, em retaliação ao recente ataque a uma província na fronteira turca, informaram neste sábado veículos de imprensa turcos, citando fontes militares; o jornal pró-governo Sabah Daily informou que cinco pessoas ficaram feridas na sexta-feira (27), quando mísseis disparados do território controlado pelo Estado Islâmico no norte da Síria caiu Kilis, uma província na fronteira turca (Foto: Romulo Faro)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Ancara (Reuters) - Ataques aéreos turcos e da coalizão liderada pelos EUA resultaram na morte de 104 militantes do Estado Islâmico, em retaliação ao recente ataque a uma província na fronteira turca, informaram neste sábado veículos de imprensa turcos, citando fontes militares.

O jornal pró-governo Sabah Daily informou que cinco pessoas ficaram feridas na sexta-feira, quando mísseis disparados do território controlado pelo Estado Islâmico no norte da Síria caiu Kilis, uma província na fronteira turca.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Kilis foi atingida por mísseis disparados a partir de território controlado pelo grupo rebelde mais de 70 vezes desde janeiro, provocando a morte de 21 pessoas, incluindo crianças.

(Por Dasha Afanasieva)

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO