Atirador da Noruega diz que atos foram necessários

Advogado de Anders Behring Breivik, Geir Lippestad disse que cliente planejou atos durante longo perodo e que ele considera suas aes "atrozes, mas necessrias"

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Anders Behring Breivik, acusado pelos dois ataques que deixaram 92 pessoas mortas ontem em Oslo, capital da Noruega, admitiu hoje os crimes. Segundo a televisão estatal NRK, seu advogado, Geir Lippestad, disse que Breivik planejou o atentado por um longo período.

De acordo com a TV2, Lippestad afirma ainda que o atirador "acredita que suas ações foram atrozes, mas que, na cabeça dele, elas foram necessárias". A agência de notícias NTB disse que Breivik era membro de um clube de tiro e tinha a posse legal de algumas armas.

Ainda conforme a NTB, o suspeito escreveu um manifesto de 1,5 mil páginas antes do ataque, no qual ele critica o multiculturalismo e a imigração de muçulmanos. O manifesto também descreve como adquirir explosivos e continha fotos de Breivik. A polícia de Oslo se recusou a comentar sobre o documento.

A polícia acusou Breivik de terrorismo. Ele será denunciado na segunda-feira, quando um tribunal vai decidir se a polícia pode mantê-lo preso enquanto continua a investigação. Se condenado, ele pode pegar até 21 anos de prisão.

Segundo as autoridades norueguesas, 85 pessoas, a maioria adolescentes, foram mortas no tiroteio em um acampamento da juventude do Partido Trabalhista, na ilha de Utoya. Outras sete pessoas morreram em um ataque a bomba, horas antes, contra prédios do governo em Oslo. As informações são da Dow Jones e da Associated Press.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email