Atirador de Oslo planejava detonar outros dois edifícios

Segundo seu advogado, Geir Lippestad, noruegus tinha planos mais ambiciosos para os ataques da ltima sexta; pas homenagear as vtimas no horrio da exploso da bomba

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 com agências internacionais – O atentado na Noruega cometido por Anders Behring Breivik poderia ter sido bem pior. Segundo seu advogado, Geir Lippestad, o atirador tinha planos ainda mais amplos que iam além dos ataques perpetrados contra o distrito governamental de Oslo e a ilha de Utoeya. "Nessa sexta-feira, Breivik tinha ainda mais planos de diversas dimensões", disse Lippestad. "Nesse dia ocorreram coisas que não posso comentar. Como consequência, tudo se desenvolveu de forma diferente ao que ele tinha imaginado".

O radical de extrema-direita planejava detonar bombas em outros dois edifícios, segundo afirmou o advogado. Breivik será interrogado novamente nesta sexta-feira pela Polícia, uma semana após os dois atentados. Segundo a promotoria, ele só será julgado no ano que vem.

Mesmo após confessar a autoria dos ataques, a instrução de seu processo se prevê complexa. O objetivo da promotoria é fazê-lo responder por cada uma de suas vítimas, os oito falecidos no atentado com carro-bomba no complexo governamental e os 68 mortos no acampamento da juventude trabalhista da Noruega (AUF) na ilha vizinha, a 40 quilômetros da capital. Ele se entregou à polícia sem apresentar resistência.

Enterro

Nesta sexta-feira, será realizado o primeiro enterro de uma das vítimas. O jovem Bano Rashid, de 18 anos de origem curda, participava do acampamento da AUF. O ministro das Relações Exteriores norueguês, Jonas Gahr Støre, estará presente na cerimônia. Por desejo da família, ela combinará os ritos cristão e islâmico.

A população de Oslo lembrará as vítimas da tragédia junto à catedral da capital exatamente às 10h26 de Brasília, hora em que explodiu a bomba.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email