Atirador norueguês ficará preso mais dois meses

Tribunal de Oslo amplia o perodo de isolamento de Anders Breivik (na imagem, flagrado pelas cmeras de segurana momentos antes da exploso no centro da cidade); ele assumiu a responsabilidade pelos atentados que provocaram a morte de 77 pessoas

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil - O Tribunal de Oslo, na Noruega, ampliou hoje (19) em dois meses o período da prisão temporária de Anders Behring Breivik, de 32 anos. Ele assumiu ser o responsável pelos atentados que provocaram a morte de 77 pessoas, em 22 julho deste ano. A juíza Anne Margreth Lund determinou ainda que Breivik permaneça em total isolamento para evitar que eventuais contatos com colaboradores prejudiquem as investigações.

Em julho, Breivik explodiu um carro-bomba na rua onde ficam a sede do governo federal, o Ministério das Finanças e o do Petróleo. Depois, ele seguiu em direção à Ilha de Utoya, onde matou a tiros 69 pessoas, que participavam de um encontro de verão da Juventude Trabalhista. Pelas investigações policiais, Breivik mantinha ligações com a extrema-direita e chegou até a escrever em um manifesto contra o multiculturalismo ocidental.

Os crimes chocaram a Noruega e o mundo, pois os noruegueses têm uma tradição de cultura pacífica. Na semana passada, a polícia do país divulgou imagens que mostram Breivik se preparando para os atos. Nas imagens, ele aparece usando roupas e equipamentos policiais, como capacete e armas.

Breivik está preso em uma penitenciária considerada modelo internacional. O norueguês confessou ser o autor dos atentados. Segundo ele, os atos foram cometidos na tentativa de proteger e salvar a Noruega e a Europa.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247