Atlantis pousa: acaba a era dos ônibus espaciais

Com quatro astronautas a bordo, aterrissagem foi acompanhada por milhes de americanos pela tev; programa foi iniciado em 1981; cidados podero ir ao espao dentro de trs anos; assista vdeo da chegada

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O ônibus espacial Atlantis, com quatro astronautas a bordo, pousou hoje em Cabo Canaveral, na Flórida (EUA), encerrando os 30 anos do programa de ônibus espaciais da Agência Espacial Americana (Nasa).

Cerca de 2 mil pessoas se reuniram perto da pista de pouso e milhares se aglomeraram no centro espacial e uma quantidade incontável assistiu pela televisão o final do mais longo programa de voos espaciais da Nasa.

"Após servir ao mundo por 30 anos, os ônibus espaciais conquistaram seu lugar na história. E agora chega ao fim", disse, pelo rádio, o comandante Christopher Ferguson. "Trabalho bem feito, América", respondeu o controle da missão.

O pouso, pouco antes da alvorada, ocorreu 30 anos e três meses após o primeiro lançamento, em 1981. Vai levar entre três a cinco anos, na melhor das hipóteses, até que os norte-americanos sejam lançados novamente do território norte-americano, trabalho que deve ser assumido por empresas privadas que devem cuidar das viagens.

O futuro de longo prazo para a exploração espacial norte-americana é nebuloso e motivo de preocupação para muitos na Nasa e para todos os que perdem seus empregos por causa do final do programa. Marte e os asteroides são destinos prováveis, mas a Nasa ainda tem de estabelecer um novo modelo de foguete para levar os astronautas até lá.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email