Ato a favor de Bolsonaro pode deixá-lo isolado, diz professor de Harvard

As manifestações convocadas em apoio ao governo de Jair Bolsonaro para o domingo podem ter o efeito contrário ao esperado pelo presidente, deixando-o ainda mais isolado politicamente; a avaliação é do professor de ciência política de Harvard Steven Levitsk

Ato a favor de Bolsonaro pode deixá-lo isolado, diz professor de Harvard
Ato a favor de Bolsonaro pode deixá-lo isolado, diz professor de Harvard (Foto: Ricardo Moraes (Reuters))

247 - As manifestações convocadas em apoio ao governo de Jair Bolsonaro para o domingo podem ter o efeito contrário ao esperado pelo presidente, deixando-o ainda mais isolado politicamente. A avaliação é do professor de ciência política de Harvard Steven Levitsky. A informação é do Blog do Brasilianismo, no Portal UOL. 

Em entrevista publicada pelo jornal britânico The Guardian em reportagem sobre os atos convocados, Levitsky disse não se surpreender que a dificuldade em formar coalizões no Congresso levasse Bolsonaro a atacar o establishment político do Brasil com "apelos demagógicos às massas".

"Autocratas –e acho que podemos chamar Bolsonaro de um líder bastante autocrático– gostam de governar unilateralmente, e o Brasil é difícil de governar unilateralmente", explicou.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247