Ato falho: Bush diz que invasão do Iraque foi brutal e injustificada – e depois corrige para Ucrânia

Ex-presidente dos Estados Unidos comandou a invasão ao Iraque

(Foto: Reprodução)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

WASHINGTON, 19 Mai (Reuters) - O ex-presidente dos Estados Unidos George W. Bush descreveu erroneamente a invasão do Iraque como "brutal" e "injustificada" antes de se corrigir dizendo que pretendia se referir à invasão da Ucrânia pela Rússia.

Bush fez os comentários em um discurso durante um evento em Dallas na quarta-feira, enquanto criticava o sistema político da Rússia.

continua após o anúncio

"O resultado é a ausência de freios e contrapesos na Rússia, e a decisão de um homem de lançar uma invasão totalmente injustificada e brutal do Iraque", disse Bush, antes de se corrigir e balançar a cabeça. "Quero dizer, da Ucrânia."

Ele brincando culpou o erro em sua idade enquanto a platéia caiu na gargalhada.

continua após o anúncio

Em 2003, quando Bush era presidente, os Estados Unidos lideraram uma invasão do Iraque por causa de armas de destruição em massa que nunca foram encontradas. O conflito prolongado matou centenas de milhares de pessoas e deslocou muitas outras.

Os comentários de Bush rapidamente se tornaram virais nas mídias sociais, reunindo mais de três milhões de visualizações apenas no Twitter depois que o clipe foi twittado por um repórter do Dallas News.

continua após o anúncio

O ex-presidente dos EUA também comparou o líder ucraniano Volodymyr Zelensky ao líder da guerra da Grã-Bretanha, Winston Churchill, ao condenar o presidente russo, Vladimir Putin, por lançar a invasão da Ucrânia em fevereiro.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247