Austrália faz seguro para Barack Obama contra crocodilos

O governo do Territrio do Norte fez uma aplice para o presidente americano contra um eventual ataque durante sua visita cidade de Darwin

Austrália faz seguro para Barack Obama contra crocodilos
Austrália faz seguro para Barack Obama contra crocodilos (Foto: LARRY DOWNING/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 com agências internacionais - O governo do Território do Norte, na Austrália, anunciou nesta quarta-feira que fez uma apólice de seguro para o presidente americano, Barack Obama, contra um eventual ataque de crocodilo durante sua visita à cidade de Darwin. As informações são da agência Efe.

O chefe do Território do Norte, Paul Henderson, disse que não poupará nenhuma despesa na segurança do presidente americano, que chega hoje a Canberra e amanhã viajará para Darwin, no extremo norte do país.

Obama deve estreitar laços econômicos e diplomáticos com a Austrália, assim como anunciar o desdobramento de um destacamento de soldados americanos em uma base militar australiana em Darwin, capital do Território Norte.

"Se ele se aproximar muito da beirada enquanto olha a baía, estará assegurado contra um ataque de crocodilo", frisou Henderson à emissora de televisão local ABC.

A empresa seguradora TIO pagará à família do presidente Obama US$ 50.960 se ele for atacado por um destes temíveis répteis, muito comuns no norte australiano após serem declarados espécie protegida em 1971.

A apólice será entregue a Obama na próxima quinta-feira quando chegar a Darwin como um presente "que luzirá muito bem na biblioteca presidencial", acrescentou a autoridade territorial.

O presidente Obama permanecerá 27 horas na Austrália antes de partir para a Indonésia, onde participará da Cúpula da Ásia Oriental.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email