Áustria decide vetar acordo entre União Europeia e Mercosul

Parlamento da Áustria decidiu nesta quarta-feira, 17, se opor à entrada em vigor do acordo de livre comércio entre UE e Mercosul. Um dos motivos é a falta de compromisso do Brasil com a preservação da Amazônia. "O acordo teria sido ruim para a nossa agricultura, mas especialmente para a proteção climática e os direitos trabalhistas na América do Sul", disse o vice-chefe do Partido Social-Democrata da Áustria (SPÖ), Jörg Leichtfried

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O parlamento da Áustria decidiu nesta quarta-feira, 18, que vai se opor à entrada em vigor do acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul. 

"O acordo teria sido ruim para a nossa agricultura, mas especialmente para a proteção climática e os direitos trabalhistas na América do Sul", disse o vice-chefe do Partido Social-Democrata da Áustria (SPÖ), Jörg Leichtfried, segundo o jornal Die Presse

Decisão faz menção à falta de compromisso ambiental com a preservação da floresta amazônica e representa um duro revés para a política externa do governo de Jair Bolsonaro. 

Além da Áustria, a França e a Finlândia também ameaçaram não ratificar o acordo, que precisa ser aprovado por unanimidade dos países para entrar em vigor.  

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email