CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Autoridades dos EUA e da Europa querem convencer Ucrânia a negociar a paz com a Rússia

As conversas incluíram linhas gerais sobre o que a Ucrânia poderá ter de abdicar para chegar a um acordo

Imagem Thumbnail
Joe Biden, Volodymyr Zelensky e Vladimir Putin (Foto: Reuters/Leah Millis | Reuters/Valentyn Ogirenko | Sputnik/Mikhail Klimentyev/Kremlin via Reuters)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Nova York, Tass – Autoridades dos EUA e da Europa começaram a conversar com seus homólogos ucranianos sobre possíveis negociações de paz com a Rússia e sobre o que Kiev poderia ter de abrir mão para chegar a um acordo, informou a televisão NBC, citando autoridades dos EUA.

Eles começaram a “conversar discretamente com o governo ucraniano sobre o que as possíveis negociações de paz com a Rússia poderiam implicar” para encerrar o conflito, disse o relatório.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

“As conversas incluíram linhas gerais sobre o que a Ucrânia poderá ter de abdicar para chegar a um acordo”, afirmou.

Algumas das negociações ocorreram no mês passado, disse a NBC. Refletem preocupações de que o conflito tenha chegado a um impasse e sobre a capacidade de continuar a fornecer ajuda à Ucrânia, segundo o relatório.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Autoridades disseram que "a Ucrânia provavelmente só terá até o final do ano ou pouco depois para que discussões mais urgentes sobre negociações de paz comecem", disse a NBC.

A Rússia declarou repetidamente a sua opinião sobre a situação em torno da Ucrânia a diferentes níveis. A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, disse que Moscou sempre esteve e permanece aberta a uma solução diplomática para a crise e está pronta para responder a propostas sérias, enquanto o regime de Kiev interrompeu e proibiu as negociações com a Rússia.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO