CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Avião da Hewa Bora cai no Congo e mata 127

Estimativa de 51 sobreviventes; companhia area responsvel por outros dois acidentes em abril (foto) e setembro de 2008

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247, com agências internacionais – Uma aeronave caiu nesta sexta-feira no aeroporto internacional Kisangani, na República Democrática do Congo, matando 127 pessoas. O número foi divulgado por um comunicado do Ministério dos Transportes congolês. De acordo com informações da Reuters, 51 pessoas sobreviveram ao acidente.

Anteriormente, o diretor da companhia aérea Hewa Bora, responsável pelo voo, Stavros Papaioannou, havia dito à Reuters que o avião tinha 112 pessoas a bordo. Papainoannou informou também que o piloto tentou pousar, mas não conseguiu chegar a tempo na pista de decolagem.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Segundo Lambert Mende, porta-voz do governo congolês, o acidente foi provocado por conta de uma tempestade que atinge a região, fato que também atrapalhou o resgate das vítimas. “O avião de passageiros da linha Kinshasa-Kisangani-Goma teve de enfrentar a 250 metros do aeroporto uma tempestade que segue assolando Kisangani”, afirmou Mende.

A companhia aérea Hewa Bora, que significa “ar fresco” em swahili, está na lista de empresas banidas de realizar voos dentro da União Europeia por diversas falhas de segurança. Em abril de 2008, uma aeronave DC-9 da companhia caiu sobre um mercado lotado após decolar do aeroporto de Goma, no leste do país, matando 40 pessoas. Em setembro do mesmo ano, outro avião com 17 passageiros caiu, matando todos os ocupantes.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO