Avião que combatia incêndios em Portugal cai no centro do país

Um dos aviões que atuam no combate ao incêndio que tem devastado a região central de Portugal desde o fim da semana passada caiu nesta terça-feira (20), de acordo com agências de notícias; aeronave da Canadair caiu perto de Pedrógão Grande, onde as chamas começaram no último sábado; nesta manhã, ainda se viam muitas colunas de fumaça e alguns focos de incêndio ainda estavam ativos; Diário de Notícias afirma que 70% do fogo já está dominado, mas os 30% restante ainda preocupam as autoridades

Um dos aviões que atuam no combate ao incêndio que tem devastado a região central de Portugal desde o fim da semana passada caiu nesta terça-feira (20), de acordo com agências de notícias; aeronave da Canadair caiu perto de Pedrógão Grande, onde as chamas começaram no último sábado; nesta manhã, ainda se viam muitas colunas de fumaça e alguns focos de incêndio ainda estavam ativos; Diário de Notícias afirma que 70% do fogo já está dominado, mas os 30% restante ainda preocupam as autoridades
Um dos aviões que atuam no combate ao incêndio que tem devastado a região central de Portugal desde o fim da semana passada caiu nesta terça-feira (20), de acordo com agências de notícias; aeronave da Canadair caiu perto de Pedrógão Grande, onde as chamas começaram no último sábado; nesta manhã, ainda se viam muitas colunas de fumaça e alguns focos de incêndio ainda estavam ativos; Diário de Notícias afirma que 70% do fogo já está dominado, mas os 30% restante ainda preocupam as autoridades (Foto: Aquiles Lins)

Infomoney - Um dos aviões que atuam no combate ao incêndio que tem devastado a região central de Portugal desde o fim da semana passada caiu nesta terça-feira (20), de acordo com agências de notícias. Os canais portugueses SIC e TVI disseram que a aeronave da Canadair caiu perto de Pedrógão Grande, onde as chamas começaram no último sábado.

Atualmente, onze aviões enviados por países vizinhos são utilizados no esforço de conter as chamas e quase 2 mil bombeiros estão mobilizados em 80 frentes. O número de mortos no incêndio está em 64 e o de feridos foi revisado para a 157. Sete pessoas em estado grave, incluindo uma criança.

Nesta manhã, ainda se viam muitas colunas de fumaça e alguns focos de incêndio ainda estavam ativos. O Diário de Notícias afirma que 70% do fogo já está dominado, mas os 30% restante ainda preocupam as autoridades.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247