Biden ameaça Brasil: país sofrerá 'consequências econômicas significativas' se não cuidar da Amazônia

O candidato do Partido Democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, fez ameaças ao Brasil durante o primeiro debate com seu rival republicano, Donald Trump, na noite desta terça-feira. Segundo o democrata, o Brasil sofrerá "consequências econômicas significativas se não cuidar da Amazônia"

Candidato democrata à Presidência dos EUA, Joe Biden 20/08/2020
Candidato democrata à Presidência dos EUA, Joe Biden 20/08/2020 (Foto: REUTERS/Kevin Lamarque)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Biden disse que conseguiria que várias nações dessem ao Brasil US$ 20 bilhões para acabar com o desmatamento na Amazônia e, se o Brasil fracassar, então haveria “consequências econômicas significativas". 

Biden chegou a mencionar a cifra de US$ 20 bilhões (R$ 112,6 bilhões) , que seria arrecadada com vários países a título de ajuda ao Brasil para o combate ao desmatamento na Amazônia, informa o Valor Econômico. 

"As florestas tropicais do Brasil estão sendo destruídas. Mais carbono é absorvido naquela floresta do que é emitido pelos Estados Unidos. Vou garantir que vários países se juntem e digam [ao Brasil]: ‘Aqui estão US$ 20 bilhões. Parem de destruir a floresta'", declarou Biden.

PUBLICIDADE

Biden afirmou que pode conseguir com uma série de países uma ajuda ao Brasil de US$ 20 bilhões (R$ 112,6 bilhões) para o combate ao desmatamento na Amazônia, destacando que o Brasil poderia ter "consequências econômicas significativas", caso fracassasse.

Por sua vez, ao comentar a questão das mudanças climáticas no mundo, Donald Trump classificou o Acordo de Paris, que prevê uma redução de emissões de poluentes, como "um desastre".

PUBLICIDADE

Em resposta, Biden declarou que, em caso de vitória, seu governo criará um plano que vai "gerar empregos e riqueza" através de investimentos em energia renovável.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email