Biden assinará novo pacote de ajuda militar de US$ 1 bilhão para a Ucrânia em breve, afirma Reuters

O valor e o conteúdo do próximo pacote podem mudar antes de serem assinados por Biden

www.brasil247.com -
(Foto: Evelyn Hockstein/Reuters/Ag. Brasil)


Sputnik - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinará um novo pacote de ajuda de segurança de US$ 1 bilhão (R$ 5,16 bilhões) para a Ucrânia nos próximos dias.

As informações foram divulgadas pela agência Reuters nesta sexta-feira (5), citando fontes familiarizadas com o assunto.

O novo pacote deve ser anunciado na próxima segunda-feira (8) e incluirá munições para armamento de longo alcance e veículos blindados de transporte médico.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ele se soma aos US$ 8,8 bilhões (R$ 45,4 bilhões) de ajuda militar fornecidos pelos EUA desde o início da operação militar especial da Rússia na Ucrânia, em 24 de fevereiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O valor e o conteúdo do próximo pacote podem mudar antes de serem assinados por Biden, acrescentou a reportagem.

Outro anúncio foi feito pela Casa Branca na última segunda-feira (2). Biden informou um outro pacote de ajuda militar a Kiev no valor de até US$ 550 milhões (R$ 2,8 bilhões).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com a Casa Branca, o pacote da última segunda "incluirá mais munições para os sistemas avançados de foguetes de alta mobilidade, conhecidos como HIMARS, e munições" para artilharia.

O porta-voz do Conselho de Segurança Nacional do país, John Kirby indicou que se trata da 17ª entrega de assistência militar norte-americana a Kiev.

O Congresso americano havia aprovado US$ 40 milhões (R$ 207 milhões) em ajuda militar à Ucrânia em maio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Força Aeroespacial da Rússia já destruiu mais de 100 foguetes HIMARS dos EUA em um ataque a um depósito de munição na Ucrânia, além de quatro dos 16 lançadores fornecidos pelos norte-americanos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email