CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Biden causa polêmica ao insinuar canibalismo na Papua-Nova Guiné

Biden insinuou que os restos mortais de seu tio podem não ter sido recuperados devido à presença de canibais na região.Declarações lançam dúvidas sobre relação bilateral

(Foto: Leonardo Attuch)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, desencadeou uma polêmica ao sugerir que seu tio pode ter sido vítima de canibalismo após a queda de seu avião na Papua-Nova Guiné durante a Segunda Guerra Mundial . As implicações de suas palavras reverberaram na nação do Pacífico, desafiando as relações diplomáticas entre os dois países e provocando uma resposta assertiva do líder papuásio, destaca a CNN.

Em comentários polêmicos feitos na semana passada, Biden insinuou que os restos mortais de seu tio, Ambrose Finnegan, podem não ter sido recuperados devido à presença de canibais na região. Esta sugestão, que foi prontamente refutada pelo primeiro-ministro da Papua-Nova Guiné, James Marape, levantou questões sobre a sensibilidade e as declarações do líder norte-americano.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"As observações do presidente Biden podem ter sido um deslize; no entanto, o meu país não merece ser rotulado como tal", afirmou Marape numa declaração emitida pelo seu gabinete na segunda-feira(23). Enquanto Marape conseguiu a possibilidade de Biden ter se expressado mal, ele rejeitou veementemente qualquer associação entre a Papua-Nova Guiné e o canibalismo.

Apesar dos registros históricos documentarem práticas de canibalismo entre tribos remotas da região durante o século XX, a Papua-Nova Guiné tem procurado distanciar-se desses estereótipos, lutando para afirmar sua identidade como uma nação moderna e civilizada. Os comentários de Biden foram recebidos com críticas dentro do país, com muitos expressando indignação e recolhidos à noção de que o canibalismo ainda é uma realidade em sua sociedade.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO