Biden chama invasores do Capitólio de "terroristas domésticos"

“Não ouse chamá-los de manifestantes. Eles eram uma multidão de vândalos, terroristas domésticos. É tão básico, tão simples”, disse em um duro discurso contra Trump e seus apoiadores extremistas

Presidente eleito dos EUA, Joe Biden
Presidente eleito dos EUA, Joe Biden (Foto: REUTERS/Mike Segar)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Metrópoles - O presidente eleito dos Estados Unidos, o democrata Joe Biden, em discurso nesta quinta-feira (7), considerou que a invasão do Congresso norte-americano na quarta-feira (6), por parte de apoiadores de Donald Trump, foi um ato promovido por “terroristas domésticos” estimulados pelo próprio presidente.

“Todos aqui estamos de luto pela perda de vidas, pela maculação da casa do povo. Não era desordem, não era protesto, era o caos. Não eram manifestantes. Não ousem dizer que eram manifestantes. Eram arruaceiros. Eram terroristas domésticos, simples assim”, disse Biden.

O democrata ainda ponderou que não era um ato que não se podia prever, visto que durante os quatro anos do governo de Trump houve constantes atentados às leis. “E não posso dizer que não vimos isso acontecendo. Nos últimos quatro anos tivemos um presidente que desrespeitou e enfraqueceu as nossas instituições democráticas”, disse Biden.

Continue lendo no Metrópoles

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247