Bombardeio aumenta. Kadafi acuado

Mssil ingls atinge prdio50 metros do palcio de Kadafi; ditador pode ter fugido pela cidade para procurar outros abrigos

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 -  É muito provável que o ditador Muamar Kadafi tenha sentido bem perto de si o estrondo do míssil cruzeiro inglês que acertou em cheio um prédio administrativo no complexo de palácios de Bab Al Azizia, em Trípoli, de onde ele governa o país com mão de ferro nos últimos 41 anos. O edifício de quatro andar fica a cerca de 50 metros do local em que Kadafi costuma receber convidados em visita oficial ao governo líbio. A Inglaterra informou que o local era um centro de controle operacional da guerra, no qual os militares leais a Kadafi monitoravam suas posições terrestres e aéreas. Acredita-se que o ditador, em razão do disparo certeiro, tenha deixado o palácio de governo em busca de outros abrigos. A situação, se confirmada, é semelhante à ocorrida em Bagdá, em 2007, após o início dos ataques dos Estados Unidos sobre o Iraque, quando o ditador Saddam Hussein iniciou um movimento de fuga que terminou em um porão. 

     A segunda noite de ataques aéreos ao território da Líbia,  coordenados pela coalizão militar internacional, inflamou os ânimos da oposição. Segundo a Reuters, rebeldes avançaram pelo lado de leste de Trípoli, enquanto as tropas anti-Kadafi em Benghazi se sentiam mais aliviadas pelo recuo das tropas pró-governo que cercavam a cidade. Veículos blindados das forças de Kadafi, entre tanques e carros de combate, foram atacados por aviões da coalizão na estrada entre Misrata e Benghazi, o que provocou a desarticulação do comboio. Os combates cresceram nas cidades de Ajdabiya e Brega, onde os rebeldes previam retomar o controle que haviam perdido durante a ofensiva dos militares leais ao ditador, na semana passada. Ainda não há uma avaliação oficial da coalizão sobre as primeiras 48 horas de bombardeios, mas todas as informações convergem para traçar um cenário em que o ditador está sendo acuado. Após o ataque ao prédio que os ingleses disserem ser uma central de controle de movimentos militares, integrantes do governo da Líbia procuraram jornalistas internacionais para mostrar os estragos, mas dizendo que o local era um complexo residencial. A visita aconteceu pouco depois de uma coluna de fumaça se erguer no local atingido.

    Em Misrata, os combates entre forças pró e contra Kadafi se acirraram. A cidade fica a 200 quilômetros de Trípoli. Segundo informações do jornal El País, soldados de Kadafi que seguiam em direção ao centro da cidade arrastaram civis para usá-los como escudos humanos contra os ataques aéreos.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email