Bombardeios na Síria matam pelo menos 32

Pelo menos 32 pessoas morreram hoje (12) e 175 ficaram feridas devido aos bombardeios da aviação governamental e ao disparo de foguetes por parte dos rebeldes em Damasco e arredores, informaram ativistas e meios de comunicação locais

Criança dentro de casa destruída em Damasco. 21/07/2015 REUTERS/Bassam Khabieh
Criança dentro de casa destruída em Damasco. 21/07/2015 REUTERS/Bassam Khabieh (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Lusa

Pelo menos 32 pessoas morreram hoje (12) e 175 ficaram feridas devido aos bombardeios da aviação governamental e ao disparo de foguetes por parte dos rebeldes em Damasco e arredores, informaram ativistas e meios de comunicação locais.

Das vítimas, pelos menos 27 perderam a vida e 120 sofreram ferimentos devido aos ataques aéreos do Exército contra as populações de Duma, Saqba, Hamuriya e Kafr Batna, na região de Guta Oriental, principal bastião da oposição nos arredores da capital, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

As outras cinco mortes resultaram do impacto de projéteis disparados por terroristas contra regiões distintas do centro de Damasco, indicou a agência de notícias oficial síria, Sana.

Nestes ataques 55 pessoas ficaram feridas.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email