Brasileiros que tentavam entrar nos EUA estão desaparecidos

O Itamaraty está fazendo contatos nas Bahamas para tentar descobrir o paradeiro de um grupo de 19 brasileiros que tentava entrar ilegalmente nos Estados Unidos pelo mar; grupo está desaparecido desde o dia 6 de novembro; segundo relatos de familiares ao Ministério das Relações Exteriores, eles teriam deixado as Bahamas e tentado fazer uma travessia de barco em direção a Miami; entre os desaparecidos estariam Renato Soares, de Sardoá (MG)

O Itamaraty está fazendo contatos nas Bahamas para tentar descobrir o paradeiro de um grupo de 19 brasileiros que tentava entrar ilegalmente nos Estados Unidos pelo mar; grupo está desaparecido desde o dia 6 de novembro; segundo relatos de familiares ao Ministério das Relações Exteriores, eles teriam deixado as Bahamas e tentado fazer uma travessia de barco em direção a Miami; entre os desaparecidos estariam Renato Soares, de Sardoá (MG)
O Itamaraty está fazendo contatos nas Bahamas para tentar descobrir o paradeiro de um grupo de 19 brasileiros que tentava entrar ilegalmente nos Estados Unidos pelo mar; grupo está desaparecido desde o dia 6 de novembro; segundo relatos de familiares ao Ministério das Relações Exteriores, eles teriam deixado as Bahamas e tentado fazer uma travessia de barco em direção a Miami; entre os desaparecidos estariam Renato Soares, de Sardoá (MG) (Foto: Aquiles Lins)

247 - O Itamaraty está fazendo contatos nas Bahamas para tentar descobrir o paradeiro de um grupo de 19 brasileiros que tentava entrar ilegalmente nos Estados Unidos pelo mar. O grupo está desaparecido desde o dia 6 de novembro.

Segundo relatos de familiares ao Ministério das Relações Exteriores, eles teriam deixado as Bahamas e tentado fazer uma travessia de barco em direção a Miami. O Itamaraty ainda não tem a confirmação de que eles realmente embarcaram ou até se estariam presos nos Estados Unidos.

O ministério informou que está em contato com os familiares e as autoridades das Bahamas e dos Estados Unidos e que várias buscas foram feitas no mar pelas guardas costeiras dos dois países para ver se há vestígios de naufrágio ou se o barco estava à deriva.

Segundo o jornal "Diário do Rio Doce", entre os desaparecidos estão os brasileiros Márcio Pinheiro de Souza, natural de Sardoá, (MG); Renato Soares de Araújo, também de Sardoá (MG); Arlindo de Jesus Santos, de Rondon do Pará (PA); além de Bruno Oliveira Souza, Reginaldo Ferreira Martins, Diego e outros treze cujas identidades e procedência ainda são desconhecidas.

Em fevereiro, dez brasileiros foram presos em um resort nas Bahamas antes de tentarem ingressar ilegalmente nos Estados Unidos. Cinco deles haviam sido deportados dos Estados Unidos e estavam tentando voltar ao território americano.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247