Brasileiros terão que ter autorização prévia para visitar a União Europeia

A partir de 2021, brasileiros e pessoas de outros 61 países precisarão de um documento prévio para visitar os países da União Europeia; "Etias" custará 7 euros, cerca de R$ 30, poderá ser pedido pela internet e terá validade de 3 anos; alegação é cuidados acerca da segurança interna, prevenção a imigração ilegal, proteção da saúde pública, entre outros pontos

Brasileiros terão que ter autorização prévia para visitar a União Europeia
Brasileiros terão que ter autorização prévia para visitar a União Europeia (Foto: Pedro França/Agência Senado)

Sputnik - A partir de 2021, brasileiros e pessoas de outros 61 países precisarão de um documento prévio para visitar os países da União Europeia, será o Etias (sigla para "Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem", em tradução livre). Ele custará 7 euros, cerca de R$ 30, poderá ser pedido pela internet e terá validade de 3 anos.

A nova burocracia foi aprovada em votação no plenário do Parlamento Europeu nesta quinta-feira (5). Foram 494 votos a favor, 115 contra e 30 abstenções.

"Ele [o Etias] ajudará a melhorar a segurança interna, prevenir a imigração ilegal, proteger a saúde pública e reduzir atrasos nas fronteiras, identificando pessoas que podem representar um risco em uma dessas áreas antes de chegarem às fronteiras externas", disse o Conselho da União Europeia.

Para conseguir o documento, será necessário preencher um formulário pela internet e pegar a taxa. Os solicitantes terão seus dados analisados e cruzados com bancos de dados da Interpol e pelo Serviço Europeu de Polícia.

Caso sejam aprovados, receberão um e-email de confirmação.

Menores de 18 anos e maiores de 70 estarão isentos da cobrança.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247