Caçador ilegal é devorado por leões na África do Sul

Um caçador foi devorado por leões nas proximidades do Parque Kruger, na África do Sul, informaram as autoridades locais; segundo a polícia, sobraram apenas algumas partes do corpo do homem. Os vestígios foram encontrados no fim de semana na mata num parque particular perto de Hoedspruit, na província de Limpopo, onde leões tem sido perseguidos de maneira crescente nos últimos anos

Um caçador foi devorado por leões nas proximidades do Parque Kruger, na África do Sul, informaram as autoridades locais; segundo a polícia, sobraram apenas algumas partes do corpo do homem. Os vestígios foram encontrados no fim de semana na mata num parque particular perto de Hoedspruit, na província de Limpopo, onde leões tem sido perseguidos de maneira crescente nos últimos anos
Um caçador foi devorado por leões nas proximidades do Parque Kruger, na África do Sul, informaram as autoridades locais; segundo a polícia, sobraram apenas algumas partes do corpo do homem. Os vestígios foram encontrados no fim de semana na mata num parque particular perto de Hoedspruit, na província de Limpopo, onde leões tem sido perseguidos de maneira crescente nos últimos anos (Foto: Charles Nisz)

247 - Um caçador foi devorado por leões nas proximidades do Parque Kruger, na África do Sul, informaram as autoridades locais. Segundo a polícia, sobraram apenas algumas partes do corpo do homem. Os vestígios foram encontrados no fim de semana na mata num parque particular perto de Hoedspruit, na província de Limpopo, onde leões tem sido perseguidos de maneira crescente nos últimos anos.

"Aparentemente a vítima estava caçando na reserva quando foi atacada e morta por leões", disse à AFP Moatshe Ngoepe, policial da província de Limpopo. Os leões devoraram o homem e só deixaram a cabeça para trás.

A polícia ainda não identificou a vítima, mas supõe que seja um caçador ilegal, sem permissão para explorar a reserva. Um fuzil de caça carregado e munição foram encontrados próximos ao corpo, segundo o site sul-africano Eyewitness News. Em 2017, vários leões foram encontrados envenenados perto de uma fazenda na mesma província, com a cabeça e as patas cortadas. Partes de corpo de leão são usadas na medicina tradicional.

Caçadores também frequentemente atacam rinocerontes nas reservas da África do Sul para alimentar uma crescente demanda por chifres na China, no Vietnã e em outros países asiáticos, onde se acredita terem qualidades medicinais.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247