Câmara argentina aprova nacionalização da YPF

O texto, que j havia sido votado no Senado, dever agora ser assinado e transformado em lei por Cristina Kirchner

Câmara argentina aprova nacionalização da YPF
Câmara argentina aprova nacionalização da YPF (Foto: Enrique Marcarian/REUTERS )
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil (BBC Brasil) - A Câmara argentina aprovou na noite de ontem(3) a nacionalização da companhia petrolífera YPF, que era controlada pela empresa espanhola Repsol.

A expropriação foi anunciada em abril pela presidenta Cristina Kirchner. Na ocasião, ela disse que retomar o controle da petrolífera, que é a maior do país, é um interesse nacional. A decisão causou um estremecimento nas relações do país com a Espanha e com a União Europeia.

Os deputados argentinos aprovaram a expropriação da YPF por 207 votos a favor e 32 contra. Em frente ao Congresso, partidários do governo fazem uma manifestação com faixas e cartazes.

O texto já havia sido aprovado no Senado e deverá ser assinado e transformado em lei por Cristina Kirchner.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247