CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Cavalos militares em fuga galopam pelas ruas de Londres e deixam 4 feridos (vídeo)

As cenas se desenrolaram no coração de Londres, perto do Palácio de Buckingham e da sede do governo britânico. Cavalos se soltaram durante um "exercício de rotina"

Cavalos galopam descontrolados em Londres (Foto: Reprodução/X/@disclosetv)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Reuters - Alguns cavalos militares, incluindo um coberto de sangue, saíram galopando pelas ruas do centro de Londres e feriram pelo menos quatro pessoas nesta quarta-feira.

As cenas bizarras se desenrolaram no coração de Londres, perto do Palácio de Buckingham e da sede do governo britânico, com os animais em fuga galopando ao lado de londrinos desnorteados em seu trajeto matinal.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Alguns cavalos de trabalho militar se soltaram durante um exercício de rotina nesta manhã. Todos os cavalos já foram recuperados e retornaram ao acampamento", disse um porta-voz do Exército britânico em um comunicado.

"Algumas pessoas e cavalos ficaram feridos e estão recebendo o devido atendimento médico."

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

As autoridades médicas disseram que quatro pessoas foram levadas ao hospital após terem sido feridas.

Imagens de televisão mostraram um cavalo branco selado, aparentemente coberto de sangue, correndo pela rua ao lado de outro cavalo preto.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A Polícia Metropolitana de Londres havia dito inicialmente que as autoridades estavam trabalhando para localizar "cavalos que estão atualmente soltos no centro de Londres", antes de confirmar mais tarde que todos os animais tinham sido contabilizados.

Os cavalos pertencem à Household Cavalry, que atua como guarda-costas oficial do monarca britânico e participa de tarefas cerimoniais. Eles estão alojados no quartel do Hyde Park, a menos de um quilômetro do Palácio de Buckingham.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO