Chanceler chinês: chamada declaração do G7 sobre Taiwan é “lixo de papel”

Documento confunde o certo com o errado, apoia claramente aqueles que exercem agressões e pressiona os que se defendem, afirma Wang Yi

www.brasil247.com - (220307) -- BEIJING, March 7, 2022 (Xinhua) -- Wang Yi, ministro das Relações Exteriores da China
(220307) -- BEIJING, March 7, 2022 (Xinhua) -- Wang Yi, ministro das Relações Exteriores da China (Foto: Chen Zhonghao)


Rádio Internacional da China - O conselheiro de Estado e ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, afirmou na noite da quinta-feira (4), em Phnom Penh, capital do Camboja, que a chamada “declaração” sobre a situação no Estreito de Taiwan emitida pelo G7 confunde o certo com o errado, apoia claramente aqueles que exercem agressões e pressiona os que se defendem.

“Onde está a justiça? Onde estão as normas básicas das relações internacionais?”, questionou o chanceler chinês.

O diplomata ressaltou que a “não intervenção nos assuntos internos alheios” é o princípio fundamental para manter a paz e a estabilidade do mundo. “Não podemos permitir que a lei da selva volte a dominar nossas relações entre nações. Ao meu ver, essa declaração é apenas um lixo de papel”, disse Wang Yi.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O chanceler chinês afirmou que mais de 100 países reafirmaram suas posições, aderindo à política de Uma Só China.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A ONU declarou também que continua a respeitar a Resolução 2758 aprovada pela entidade em 1971, cujo núcleo é Uma Só China e Taiwan faz parte da China. Acredito que essa é a verdadeira voz comum da comunidade internacional, frisou Wang Yi.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email