Chanceleres do Mercosul repudiam espionagem dos EUA junto à ONU

Ministros das Relações Exteriores do Mercosul, inclusive o chanceler brasileiro Antonio Patriota, participaram de reunião com o secretário-geral das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, na sede do órgão, em Nova York, onde apresentaram um repúdio do bloco aos relatos de espionagem feita por agências de inteligência americanas nos países da região

www.brasil247.com - Chanceleres do Mercosul repudiam espionagem dos EUA junto à ONU
Chanceleres do Mercosul repudiam espionagem dos EUA junto à ONU (Foto: TIMOTHY CLARY)


Da Agência Brasil*

Brasília - Os ministros das Relações Exteriores do Mercosul participaram, nesta segunda-feira (5), de uma reunião com o secretário-geral das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, na sede do órgão, em Nova York. Em comunicado, a Missão do Brasil na ONU informou que o encontro trataria de um repúdio do bloco sul-americano aos relatos de espionagem feita por agências de inteligência dos Estados Unidos nos países da região.

Além do ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, participaram do encontro os chanceleres Héctor Timerman (Argentina), Luis Almagro (Uruguai) e Elías Jaua (Venezuela). O Paraguai não foi incluído porque ainda está suspenso do bloco.

Em cumprimento a uma decisão coletiva do Mercosul, na Cúpula de Chefes de Estado realizada em Montevidéu (Uruguai) no dia 12 de julho, os chanceleres do bloco vão promover gestão conjunta com o secretário-geral da ONU para informar sobre os fatos e solicitar mecanismos de prevenção e sanção em nível multilateral no tema da espionagem.

Os países do Mercosul condenaram as ações e repudiaram a interceptação das telecomunicações nos países da região.

Segundo a emissora multiestatal de televisão, Telesur, também seria tratada no encontro a recusa de países europeus de autorizar o sobrevoo e a aterrissagem do avião do presidente boliviano, Evo Morales, por suspeitarem de que a aeronave transportava o ex-consultor norte-americano Edward Snowden.

*Com informações da Rádio ONU e da Telesur

Edição: Graça Adjuto

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email